Mergulho

As praias quentes e cristalinas do litoral da Paraíba vem atraindo mergulhadores recreativos de todo mundo. Entre as atrações, além da beleza e da diversidade marinha encontradas nos quase 133 quilômetros da costa paraibana, estão navios que naufragaram e guardam no fundo do mar curiosidades, relíquias e a possibilidade de resgate de tesouros.

A costa litorânea de João Pessoa, abriga três dos mais visitados naufrágios do Nordeste, procurados principalmente pelos adeptos do turismo náutico e aventureiros mergulhadores: o Queimado, Alice e Alvarenga são considerados de rara beleza e ainda mantém em seu interior áreas intactas tomadas pelas algas e seres vivos do fundo do mar.

A melhor época para a prática do mergulho é o verão, quando temos águas quentes e cristalinas que facilitam a visibilidade, não descartando a possibilidades de águas limpas no período do inverno.

Naufrágio Alvarenga

O Alvarenga tem atraído muitos mergulhadores por ter se tornado um shark diver (mergulho com tubarões). A espécie mais encontrada é o lambaru (cação lixa). É um tipo de embarcação que servia para transportar suprimentos para os navios e naufragou a 6 milhas da ponta do Bessa, a 20 metros de profundidade.

Permanece inteiro medindo 20 metros de comprimento por 5 metros de boca. É possível penetrar nos pequenos compartimentos de proa e popa com segurança. Na proa ainda podemos observar o guincho que recolhia a âncora. É comum encontrar ainda grandes arraias e grandes cardumes de peixes, como o galo do alto e a bicuda.

Naufrágio Queimado

O Erie J.N.Y é um vapor americano de 2 mil toneladas. Havia saído do Rio de Janeiro com 24.900 sacas de café com destino aos Estados Unidos. No dia 02 de janeiro de 1873, às 2h da madrugada, pegou fogo e afundou (por isso ficou conhecido por “Queimado”). Foram salvos os passageiros e tripulantes.

Hoje encontra-se a 17 metros de profundidade, a cinco milhas da ponta do Bessa em João Pessoa e seus destroços medem cerca de 100 metros de comprimento por 15 metros de largura (aproximadamente 12 metros de boca). Ainda tem entre os destroços um grande eixo da máquina que termina num grande hélice. A visibilidade da água pode chegar a 30 metros no verão, mas em média se mantém entre 10 e 20 metros. É o mais visitado pelos mergulhadores.

É considerado o naufrágio mais significativo do mundo, por possuir suas caldeiras retangulares e nele se abrigam mais de 50% das espécieis marinhas encontradas na Paraíba.

Naufrágio Alice

O Alice é um vapor brasileiro que foi construído em 1866 e media 53 metros de comprimento por 6,6 de boca. Pouco se sabe a respeito do seu naufrágio. Ele foi fretado pelo governo para transportar tropas brasileiras na guerra do Paraguay. A 30 de março de 1869, nele embarcou o Príncipe Imperial Gastão de Orleans (conde d’Eu), para assumir o comando do nosso Exército.

O Alicenaufragou em 1911. Hoje encontra-se a 3,5 milhas da ponta do Bessa e está a 12 metros de profundidade. A proa é a sua parte mais inteira, a 7,5 metros da superfície.

Onde posso praticar o mergulho?

Nome da empresa: Base de Mergulho Mar Aberto
Endereço: Rua Golfo de Coronation S/Nº, em frente ao edifício Residencial Ticiano, Nº 150.
Telefone: (83) 9 9609-0809 TIM | WhatsApp
Email: marabertonet@gmail.com
Site: www.maraberto.net
Instagram: @marabertomergulho
Facebook: Mar Aberto Mergulho

Galeria Mergulho