Pavilhão do Chá

A Praça Venâncio Neiva (Pavilhão do Chá), construída pelo governador Francisco Camilo de Holanda em 1917, fica ao lado do Palácio da Redenção, sede do Governo do Estado.

Originalmente foi destinada à prática da patinação, e era lá que um grande número de pessoas dedicava as tardes dos domingos e feriados a correr sobre os patins (o presidente João Pessoa demoliu depois o rinque de patinação, mandando erguer o pavilhão central, para o serviço dos chás das cinco, no estilo britânico). A partir daí, passou a chamar-se “Pavilhão do Chá”, embora a praça — uma das mais expressivas da capital paraibana — tenha o nome oficial de Venâncio Neiva, outro governante do estado.

A praça constitui-se ainda em ponto de reunião de intelectuais e jovens namorados. Seus canteiros de plantas datam de sua inauguração, embora já tenham passado por algumas modificações importantes.

Coreto

Projetado pelo arquiteto italiano Paschoal Fiorillo, o Coreto da Praça Venâncio Neiva apresenta forma circular e área de projeção com aproximadamente 52 m², apresenta um entablamento rebuscado com ricos adornos em argamassa, refletindo estilo eclético, com marcantes características neoclássicas.

Galeria Pavilhão do Chá
InterserverCoupons